E COM PROPRIEDADES IMPORTANTES PARA A SAÚDE

 

Raiz muito utilizada na culinária japonesa, conhecida como GOBO, possui sabor adocicado e uma textura crocante, crua ou cozida consumir regularmente traz muitos benefícios à saúde.

Alguns desses benefícios são:

Ação purificadora do sangue por remover as toxinas presente na corrente sanguínea e ação diurética.

Atua também na regeneração das células do fígado.

Fonte de proteína, fibras, carboidratos, cálcio, fósforo, ferro, vitamina b12, niacina (vitamina b3), vitamina a, vitamina b1 e minerais, que também contribui para a perda de peso devido ao seu baixo valor calórico, cada 100 gramas contém apenas 72 calorias. Favorece o bom funcionamento cerebral e diminuição dos sintomas da TPM, pois contém altas quantidades de ácido fólico, vitamina B6 e vitamina E.

Estudos recentes mostraram que a BARDANA é um excelente antioxidante devido a presença de ácidos fenólicos, quercetina e luteolina. São compostos que protege as células do corpo contra danos causados por radicais livres, auxiliando na prevenção de algumas doenças, inclusive alguns tipos de câncer.

Os probióticos que já são bastante conhecidos também está presente neste alimento, ajudando na manutenção e crescimento das bactérias benéficas à saúde da nossa flora intestinal.

É importante lembrar que as maiorias das propriedades nutricionais estão concentradas na casca e por isso recomenda o consumo com a mesma.

Como sugestão dica de preparo da BARDANA, receita do YAMANASHI:

KIMPIRA GOBO

  • 4 RAIZES DE GOBO
  • 1 CENOURA PEQUENA
  • 1 PIMENTA DEDO DE MOÇA
  • 1 COLHER DE SPO GERGELIM BRANCO TORRADO

PARA REFOGAR

  • 1 COLHER DE SOPA DE ÓLEO DE SOJA
  • 1 COLHER DE SOPA DE OLEO DE GERGELIM
  • CALDO DO COZIMENTO
  • 200 ML DE ÁGUA
  • 5 GRAMAS DE HONDASHI
  • 30 ML DE MOLHO DE SOJA
  • 15 GRAMAS DE AÇUCAR
  • 15 ML DE SAQUE
  • 15 ML DE MIRIM
  • 5 GRAMAS DE SAL

Caso prefira retire a casca do GOBO, lembrando que o ideal é consumi-lo com as cascas para maior aproveitamento das propriedades.

Corte em pedaços de 5 cm, faça fatias finas e deixe em imersão em água com vinagre. Lave em água corrente e deixe escorrer.

Corte as cenouras nas mesmas medidas. Em seguida aqueça os óleos de soja e gergelim, adicione o GOBO, mantenha o fogo alto, refogue por alguns minutos, em seguida acrescente a cenoura.

Adicione os demais ingredientes e cozinhe em fogo baixo até ficar al dente.

Finalize com a pimenta dedo de moça e o gergelim torrado.

 

Por Loren Pavanelli
Nutricionista Especialista em Vigilância Sanitária de Alimentos

Receita: Chef Arilma de Jesus (Yamanashi)

 

Bardana: raiz rica em nutrientes

E COM PROPRIEDADES IMPORTANTES PARA A SAÚDE

 

Raiz muito utilizada na culinária japonesa, conhecida como GOBO, possui sabor adocicado e uma textura crocante, crua ou cozida consumir regularmente traz muitos benefícios à saúde.

Alguns desses benefícios são:

Ação purificadora do sangue por remover as toxinas presente na corrente sanguínea e ação diurética.

Atua também na regeneração das células do fígado.

Fonte de proteína, fibras, carboidratos, cálcio, fósforo, ferro, vitamina b12, niacina (vitamina b3), vitamina a, vitamina b1 e minerais, que também contribui para a perda de peso devido ao seu baixo valor calórico, cada 100 gramas contém apenas 72 calorias. Favorece o bom funcionamento cerebral e diminuição dos sintomas da TPM, pois contém altas quantidades de ácido fólico, vitamina B6 e vitamina E.

Estudos recentes mostraram que a BARDANA é um excelente antioxidante devido a presença de ácidos fenólicos, quercetina e luteolina. São compostos que protege as células do corpo contra danos causados por radicais livres, auxiliando na prevenção de algumas doenças, inclusive alguns tipos de câncer.

Os probióticos que já são bastante conhecidos também está presente neste alimento, ajudando na manutenção e crescimento das bactérias benéficas à saúde da nossa flora intestinal.

É importante lembrar que as maiorias das propriedades nutricionais estão concentradas na casca e por isso recomenda o consumo com a mesma.

Como sugestão dica de preparo da BARDANA, receita do YAMANASHI:

KIMPIRA GOBO

  • 4 RAIZES DE GOBO
  • 1 CENOURA PEQUENA
  • 1 PIMENTA DEDO DE MOÇA
  • 1 COLHER DE SPO GERGELIM BRANCO TORRADO

PARA REFOGAR

  • 1 COLHER DE SOPA DE ÓLEO DE SOJA
  • 1 COLHER DE SOPA DE OLEO DE GERGELIM
  • CALDO DO COZIMENTO
  • 200 ML DE ÁGUA
  • 5 GRAMAS DE HONDASHI
  • 30 ML DE MOLHO DE SOJA
  • 15 GRAMAS DE AÇUCAR
  • 15 ML DE SAQUE
  • 15 ML DE MIRIM
  • 5 GRAMAS DE SAL

Caso prefira retire a casca do GOBO, lembrando que o ideal é consumi-lo com as cascas para maior aproveitamento das propriedades.

Corte em pedaços de 5 cm, faça fatias finas e deixe em imersão em água com vinagre. Lave em água corrente e deixe escorrer.

Corte as cenouras nas mesmas medidas. Em seguida aqueça os óleos de soja e gergelim, adicione o GOBO, mantenha o fogo alto, refogue por alguns minutos, em seguida acrescente a cenoura.

Adicione os demais ingredientes e cozinhe em fogo baixo até ficar al dente.

Finalize com a pimenta dedo de moça e o gergelim torrado.

 

Por Loren Pavanelli
Nutricionista Especialista em Vigilância Sanitária de Alimentos

Receita: Chef Arilma de Jesus (Yamanashi)

 

Alimentação de verão: no Yamanashi temos!

Os dias de verão exigem uma série de cuidados na alimentação. A começar pelo aumento da ingestão de líquidos e refeições leves.

As temperaturas quentes desta época fazem com que nosso organismo perca água e sais minerais. Por isso, opções como saladas são ótimas alternativas. As folhas e os legumes são boas fontes de vitaminas e contém nutrientes que ajudam na regularização do metabolismo e fibras que colaboram no equilíbrio da flora intestinal.

Salada de Sashimi: opção nutritiva de verão no Yamanashi

Uma das boas opções do Yamanashi para este verão é a salada de sashimi. Confira os benefícios nutricionais de cada ingrediente deste prato:

  • Rúcula: é rica em vitaminas e minerais. Possui cálcio, vitaminas A, C e K, altos níveis de ácido fólico e antioxidantes  - o que faz da rúcula uma ótima aliada contra radicais livres. Os fitoquímicos presentes na folha também ajudam no sistema imunológico e na prevenção do câncer.
  • Alface: com baixo teor calórico, a folha possui quantidades relevantes de vitaminas A, importante para saúde dos olhos, e minerais, como cálcio e fósforo, que ajudam os ossos e dentes. A alface também tem efeito calmante e diurético.
  • Tomate: saudável e nutritivo, o tomate é rico em vitaminas A e B e em minerais com fósforo e cálcio. O licopeno, substância de destaque encontrada no tomate, é capaz de reduzir o risco de câncer e doenças cardiovasculares, o que faz dele um alimento funcional. A versão do tomate cereja possui um sabor mais adocicado e menos ácido.
  • Rabanete: rico em fibras, o rabanete promove a sensação de saciedade, o que auxilia no controle de peso. Também possui minerais como zinco, cobre, potássio, cálcio, magnésio e fósforo.
  • Cenoura: é uma raiz muito importante na nossa alimentação,  tendo como principal nutriente a vitamina A, ótimo para saúde dos olhos.  A cenoura também é rica em fibra e antioxidantes, melhora a digestão, previne o envelhecimento precoce, ajuda a manter o bronzeado, auxilia no emagrecimento e fortalece o sistema imunológico.
  • Peixes: são leves e muito saudáveis. O salmão e o atum são boas fontes de proteína de alto valor biológico para o organismo. Os peixes também possuem boas doses de ômega 3, gorduras que não produzimos e que são essenciais para a saúde que nosso corpo. Essas gorduras do “bem”, ajudam a diminuir a inflamação, pressão arterial, reduz o risco de câncer e contribuem para a saúde cardiovascular.

Por Loren Pavanelli
Nutricionista Especialista em Vigilância Sanitária de Alimentos

Sakura: o significado das cerejeiras no Japão

Ao visitar o jardim do Yamanashi, repare na cerejeira que a chefe Arilma de Jesus fez questão de plantar por lá. A razão? A árvore é uma das mais tradicionais do Japão e tem um significado muito especial para os orientais.
Segundo os japoneses, a cerejeira, ou Sakura, representa a beleza, o tempo curto em que vivemos, as nossas emoções e transições. No Japão, o assunto é levado tão a sério que há pesquisas para calcular o momento da chegada das cerejeiras e festivais para apreciar as pétalas rosadas, que invadem parques, clubes, templos e ruas.
Lendas para explicar a origem da cerejeira no Japão também não faltam. Uma delas diz que a árvore teria surgido após a princesa Konohana Sakuya Hime ter caído do céu no monte Fuji, e se transformado em uma das flores mais belas do país. Outro conto se refere ao tempo curto de florescimento da cerejeira (a planta só floresce, em média, 30 dias por ano), esse tempo seria comparado a vida dos samurais, guerreiros que morriam cedo para defender seus povos.
Ter a cerejeira no restaurante Yamanashi para Arilma é trazer um pouco da beleza da cultura oriental para o Brasil. “Cuido com muita atenção da cerejeira no jardim do Yamanashi. Geralmente, os clientes se encantam pela árvore e perguntam se é pêssego, por não ser um tipo tão conhecido por aqui”, diz a chefe. Então já sabe: quando vier ao Yamanashi, não deixe de passar do nosso jardim!

Atum Bluefin. No Yamanashi tem!

Carne macia que derrete na boca, essa é uma das principais características da espécie de atum mais apreciada e saborosa do mundo

Originário do mar Mediterrâneo, o atum bluefin, é uma espécie difícil de ser encontrada. É considerado o rei dos atuns por ter uma carne muito macia, com um sabor levemente adocicado e uma textura lisa que derrete na boca. Ele pode chegar a ter três metros de comprimento e 450 kg.

Justamente por ser raro, nem sempre é fácil encontrar este atum nos restaurantes. No Yamanashi, a chef Arilma Jesus faz questão de incluir o peixe no cardápio. “Por ser raro, nem sempre está acessível. Por isso, sempre que temos no cardápio, fazemos questão de contar aos nossos clientes”, diz ela. E a recomendação é que para melhor apreciar essa iguaria ele seja degustado puro.

No Yamanashi, não só o bluefin, mas todo o cardápio, vale a pena ser apreciado. Arilma é adepta da culinária tradicional japonesa e é conhecida por suas especialidades, como o yakissoba de frutos do mar.

 

Tradição com toque feminino

Em vez de japoneses, uma baiana. Arilma, talentosa sushiwoman, comanda o restaurante Yamanashi e ressalta os sabores tradicionais da culinária japonesa

Nada de cream cheese, manga e abacate. Arilma se arrepia só de pensar nesses ingredientes. Perfeccionista, leva a ferro e fogo os ensinamentos do seu mestre, o chef Paulo Akira, professor da tradicional gastronomia japonesa. Antes de aperfeiçoar o corte do sushi e os temperos com Akira, Arilma foi para o Japão para conhecer de perto a culinária sem sotaque americano. "A concepção do restaurante foi esta. Criamos com o intuito de honrar a tradição", diz ela. Por que no plural? Desde o início Arilma contou apoio de uma equipe pra lá de eficiente. Outro motivo é que Arilma é casada com filho de japoneses. Ele fica bem longe das facas e dos peixes, mas inspirou Arilma na sua incursão pela culinária dos pais.

Segurança e sabor

A exigente Arilma também cuida da segurança e do valor nutricional das receitas. O restaurante conta com a consultoria da nutricionista Loren Cristina Pavanelli, responsável por avaliar todos os pratos do cardápio. Trabalhamos com alimentos crus. Tem que ter muito cuidado no preparo, na conservação e na escolha", diz Arilma. A escolha fica por conta da chef Arilma que começa cedo indo buscar os peixes, verduras e legumes - exatamente como acontece no Japão. "Só assim tenho certeza de que o produto está com a qualidade que prezo aos meus clientes",afirma.

 

OMAKASE – o menu degustação à moda japonesa

Na busca constante de oferecermos aos nossos clientes Qualidade e a Culinária Tradicional Japonesa introduzimos em nosso cardápio o OMAKASE.

O Yamanashi vem desde sua inauguração se posicionando como um restaurante que valoriza a tradicional culinária japonesa, proporcionando aos clientes uma imersão nos sabores do outro lado do planeta.

Assim, tomamos a decisão de oferecer em nosso cardápio o menu degustação ao estilo japonês: o OMAKASE.

OMAKASE em tradução livre é algo como “deixo aos seus cuidados”. E, aqui no Yamanashi, você deixará aos cuidados de nossa chef escolher o que servir.

Não espere nada menos do que uma sequência de pratos especiais do restaurante como: ussuzukuri de polvo com ovas de massago, lagostin ao creme de cabotia, vieira grelhada ao molho de limão siciliano e manteiga clarificada, nigirizushi de atum com foie gras, camarão,  vieira, enguia gunkan de ovas ikurá, djow de salmão com ovas de ikurá e atum com ovas de capelin, sashimi de atum bluefin, ostras, entre outros.

Mas lembre-se: essa lista não é fixa. É apenas uma sugestão do que poderá ser servido, variando de um dia para o outro, pois ao escolher o OMAKASE é a nossa chef quem te guiará pela descoberta de pratos e sabores da culinária japonesa.

Sigam-nos no facebook e no instagram e tenha sempre em primeira mão as novidades do nosso cardápio.